casal jovem na grama
Relacionamentos

As diferenças entre amor e simpatia

Cada pessoa pelo menos uma vez experimentou um sentimento exaltado que pode mudar a vida. Às vezes é difícil identificar sinais de amor e distingui-lo de se apaixonar. Pelos sinais de um tipo verbal e não verbal, eles reconhecem se o presente é um sentimento, um hobby temporário ou um hábito.

10 diferenças de amor e simpatia

Você pode reconhecer como o verdadeiro amor se manifesta usando 10 sinais padrão que indicam um sentimento profundo. Estes incluem:

  1. Falta de dúvida. Aos primeiros sinais do amor verdadeiro, uma pessoa não duvida da escolha e sente que encontrou uma alma gêmea.
  2. Incapacidade de explicar o motivo. Um amante não pode responder claramente à pergunta de por que ele amou o objeto de sua paixão, porque ele ama uma pessoa apenas pelo que ela é.
  3. Indiferença para os outros. O amante permanece indiferente a outros objetos do sexo oposto. Apesar dos sinais de atenção que eles mostram, ele presta atenção apenas ao objeto de seu amor.
  4. A sensação de segurança. O amante tem um sentimento de confiabilidade e segurança quando está ao lado da pessoa que gosta. Isso indica confiança e atração natural.
  5. Desenvolvimento de relacionamento. Se uma pessoa deseja desenvolver um relacionamento após o início de um romance, isso é um sinal de amor.
  6. O desejo de melhorar. Um homem ou uma mulher apaixonada quer melhorar sob a influência de um sentimento verdadeiro, procura crescer e se desenvolver.
  7. A capacidade de perdoar. Pessoas amorosas esforçam-se não apenas para se reconhecer, mas também aprendem a perdoar insultos mesquinhos.
  8. Capacidade de jogar em um time. Independentemente da idade, o amor e a afeição ensinam os amantes a seguir as mesmas regras e estar sempre do lado um do outro.
  9. A capacidade de desfrutar de silêncio na companhia um do outro. As pessoas que amam não se interessam apenas em se comunicar, o silêncio entre elas não se torna uma pausa embaraçosa, mas ajuda uma a entender melhor a outra.
  10. Compreendendo que os sentimentos não são eternos. Toda pessoa que tem um sentimento profundo entende que a atração natural não dura para sempre, pois a vida muda e tudo passa.

Reconhecer o amor verdadeiro é fácil. Tudo fica claro após uma ou várias reuniões. Mas todas as pessoas se comportam individualmente, dependendo do sexo e de outros fatores.

Como os amantes se comportam

A manifestação do amor será expressa de maneira diferente em um homem e uma mulher, um homem e uma mulher. O sexo desempenha um grande papel nos relacionamentos, e as regras da psicologia interpessoal confirmam isso.

Homens

Rapazes e homens adultos se comportam da mesma maneira. Eles se esforçam para agradar o escolhido, começam a cuidar de sua aparência, estão ativamente interessados ​​nos problemas, ações e hobbies da mulher que gostam. Um homem apaixonado começa a mostrar sinais de atenção. Isso não é apenas flores e presentes, mas também o desejo de passar o máximo de tempo possível na companhia do escolhido. Ele tem prazer em conversar e conversar com ela sobre vários tópicos.

Nem todos os homens estão prontos para admitir e esperar pela reciprocidade imediatamente, mas alguns sinais não verbais revelam seu interesse. Isso inclui contato visual constante, atração sexual e outras manifestações de sentimentos sensíveis.

Mulheres

As mulheres apaixonadas começam a se interessar ativamente pelo escolhido, ele se torna o tema da maioria de suas conversas com os outros. Quando uma garota realmente ama, ela não percebe as deficiências do homem e procura idealizá-lo. Todas as mulheres tentam interessar ao máximo o escolhido e chamar sua atenção para si mesmas, por exemplo, começam a cuidar dele, mudam de aparência e costumam usar outros métodos. O amor verdadeiro, mesmo que não correspondido, pode fazer uma mulher feliz. Isso se manifesta em uma mudança de humor, aparência e aparência.

Sintomas comuns

Toda pessoa apaixonada se comporta de maneira diferente quando se trata de sentimentos reais. Mas todos estão unidos por sinais comuns que se manifestam quase de forma idêntica e tornam possível adivinhar que o verdadeiro amor interveio no assunto. Se a primeira faísca brilhou entre duas pessoas, isso pode ser descoberto com a ajuda de sinais não verbais e explícitos.

Comum

Uma pessoa amorosa sempre procura tocar um escolhido ou um escolhido e tentará estar o mais próximo possível, mesmo quando separados por uma certa distância. O sentimento é sinalizado pelo desejo de segurar constantemente o objeto da paixão pela mão, subconscientemente com medo de perdê-lo.

O amante procura o mais rápido possível se comunicar com o escolhido ou com o escolhido, se isso não for possível pessoalmente, através de ligações ou por correspondência. Além disso, a lista de sinais inclui o desejo de transferir relacionamentos de românticos para mais graves, se uma pessoa está realmente confiante em seu parceiro.

Não verbal

Se um homem ou uma mulher esconde a atração, eles recebem sinais não-verbais especiais. Eles variam de acordo com a natureza de uma pessoa em particular, mas mais frequentemente aparecem de forma idêntica. Os sinais mais óbvios são o aparecimento de um rubor na presença da pessoa que você gosta, uma mudança de voz, um constrangimento nos movimentos. Às vezes, as pessoas tendem a mostrar indiferença por medo de rejeição e fingem que não estão apaixonadas.

Os homens tentam tocar discretamente um amante, tentam estar constantemente em seu campo de visão, oferecem sua ajuda, mesmo que ela não seja necessária, demonstram interesse pelos assuntos da mulher e se comunicam com ela com muita franqueza. As meninas se comportam de maneira diferente, mas, ao mesmo tempo, atraem a atenção para si mesmas, tanto quanto possível, tornam-se mais atenciosas, demonstram um interesse crescente por um homem. Eles se esforçam para mostrar sua sexualidade, que é expressa em uma súbita mudança de imagem.

Oculto

Sinais ocultos em pessoas livres, bem como em mulheres casadas e homens casados, são expressos em uma acentuada mudança de atitude em relação à pessoa escolhida ou escolhida. O primeiro sinal desse sentimento é a atenção às necessidades do seu ente querido, o desejo de melhorar a qualidade de sua vida e completamente desinteressadamente. Na presença do amor real, uma pessoa deixa de ser egoísta e começa a colocar os interesses de um objeto acima dos seus. Ele também assume voluntariamente obrigações e pode até abrir mão de várias oportunidades em benefício de outra pessoa.

As pessoas apaixonadas esforçam-se para se desenvolver o mais próximo possível do ente querido, fazem voluntariamente mudanças na vida e tentam melhorar. Ao mesmo tempo, eles não limitam a liberdade do escolhido ou escolhido, demonstram a máxima confiança e respeito. Se uma pessoa ama, ela está ativamente interessada nos hobbies do objeto e participa deles. Todos os amantes estão completamente próximos no nível intelectual, emocional e físico. Em tais relacionamentos, todos percebem que ele está pronto para fazer muito pelo bem de outra pessoa.

O que dizem os psicólogos

Psicólogos estudaram o amor como um sentimento separado ao longo dos anos. Cada um deles tem uma opinião sobre este assunto. O psicólogo americano Robert Sternberg argumenta que o amor não pode existir sem paixão, responsabilidade e atração física. Na sua opinião, esses três componentes são os mais importantes.

Erich Fromm acreditava que relacionamentos de longo prazo só podem se desenvolver se houver uma união comercial mutuamente benéfica. Segundo sua teoria, se essa abordagem for implementada em ambos os lados, o casamento terá êxito automaticamente, mesmo quando a paixão primária desaparecer.

Harry Sullivan acreditava que o amor pode ser expresso de maneiras diferentes, mas sua principal característica é a exaltação dos interesses de um ente querido sobre as necessidades pessoais.

Segundo a psicoterapeuta belga Esther Perel, para manter o amor, é importante nunca perder a auto-estima. Embora, do ponto de vista da ciência, o amor seja um processo fisiológico, todos os psicólogos falam dele como uma experiência e o consideram como um sentimento ou sensação.

Compreender e reconhecer o sentimento de amor verdadeiro nem sempre é fácil. É importante aprender a distinguir entre amor comum e sentimentos profundos e sinceros nos estágios iniciais. Embora a pesquisa moderna tenha mostrado que o sentimento de amor é uma reação química, as pessoas ainda o consideram um sentimento mágico, uma fonte de inspiração e a principal motivação para alcançar objetivos sérios na vida.

Fontes:

Psych Central.com
Psychology Today
Very Well Mind
Helpguide

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *