Casal feliz se beijando
Relacionamentos

Beijar outra pessoa é considerado traição ?

Construindo relacionamentos com um ente querido, muitos de nós querem viver em amor, felicidade e compreensão. É desagradável encontrar seu parceiro se beijando com outra pessoa. Para a maioria das pessoas, um beijo é uma traição, portanto a punição por isso deve ser cruel. Mas vale a pena considerar uma manifestação de afeto por outra pessoa como um erro imperdoável? Psicólogos têm uma opinião sobre este assunto.

Tipos e Significado

Estando juntos com um ente querido, os casais podem estar interessados ​​em saber se o beijo é considerado uma traição ou se pode ser atribuído ao modo de cumprimentar. O valor de tocar os lábios com outra pessoa pode variar dependendo do local:

  • nariz – simpatia por uma pessoa, uma atitude reverente;
  • testa – uma manifestação de cuidado, ternura;
  • bochecha – uma saudação que não contém um significado oculto;
  • cantos dos lábios – dificuldades temporárias, falta de desenvolvimento de relações;
  • Beijo francês – aumento da simpatia e atração física;
  • orelha, pescoço – o desejo de seduzir, para você;
  • a coroa é uma manifestação de carinho, bondade, ternura;
  • um beijo duro – o parceiro mostra que ele considera sua propriedade, ninguém mais pode tomar posse de você.

Para entender se esse ou aquele beijo é considerado uma verdadeira traição, é necessário entender os tipos ou lugares que podem ser influenciados. A traição só pode ser considerada um beijo, realizado com paixão e atração física, ocorre diretamente com o contato dos lábios. Todas as outras variedades são uma manifestação de amizade, atenção e polidez.

Mitos comuns

Um beijo é um gesto de atenção e desejo de uma pessoa que todos conhecem. Considere os mitos que existem em relação a ele:

  • hormônio do estresse diminui durante um beijo;
  • um beijo ajuda a reduzir calorias;
  • tocar os lábios sem língua é comum;
  • Um beijo é uma traição, independentemente do local do impacto.

Você pode encontrar alegações em uma conta ou em outra, mas é importante entender independentemente o que é verdade.

O que é considerado uma traição

Mais frequentemente, as mulheres estão interessadas: um beijo é uma traição ou não, que manifestações de ternura não podem ser perdoadas. Um beijo íntimo pode ser considerado uma traição se uma pessoa o fez conscientemente, demonstrando desejo e interesse.

Qualquer intimidade com alguém de fora pode ser considerada uma traição, mas somente se você estudá-la em detalhes.

Vamos ver o que um beijo não é uma traição:

  1. Membros. Os parentes podem se beijar na bochecha, nos lábios, na testa ou em outras partes do rosto. Esta ação é considerada obrigatória para muitas famílias.
  2. Negócios. É de natureza formal, não vai além do que é permitido, não pode provocar ciúmes ou pensamentos de traição.
  3. Amigável Quando há amizade entre um homem e uma mulher, eles podem se beijar quando se encontram ou terminam, isso também é considerado normal.
  4. O beijo errado. Às vezes, há situações em que, ao encontrar uma namorada, um homem quer beijá-la na bochecha e ela substitui os lábios. A situação não é intencional, portanto, também não tem motivo para ciúmes.
  5. Sob coação. Quando um dos parceiros sente simpatia não recíproca e beija à força. A vítima simplesmente não tem tempo para se desviar e evitar a situação.

Traição é o beijo que foi feito intencionalmente, com uma manifestação de interesse e atração. Mais frequentemente, essas ações são acompanhadas de intimidade, que sem dúvida é uma traição e um insulto pessoal de um ente querido.

Amigável

Um beijo com outro homem, mesmo que ele seja amigável, muitas vezes causa ciúmes nas outras metades. Em muitos países, a manifestação de tal ternura é considerada normal e aceitável. Temos motivos de dúvida, indignação, escândalo. Há momentos em que um beijo inocente nos lábios faz você pensar nas consequências.

Quando o ciúme está fora de lugar

Um beijo não é uma traição se ocorrer na companhia de um marido / esposa, bem como em relação a amigos / namoradas. É claro que, às vezes, contatos táteis de estranhos deixam você nervoso. Mas essas saudações amigáveis ​​não devem causar emoções negativas, pois são consideradas habituais.

Se o marido beija a namorada sem a sua presença, abraça, elogia-a, então você pode ficar com um pouco de inveja, porque a inveja permite que você aproxime o casal. Mas se você não controla emoções, o escândalo não pode ser evitado e ele não será capaz de fortalecer as relações.

Quando um beijo não é tão inocente

Se um homem ama sua esposa, qualquer um de seus beijos amigáveis ​​com amigos ou colegas será indiferente a ele. Mas uma mulher sempre encontrará uma razão para o ciúme, considere a traição mesmo onde não é.

Dê uma olhada mais de perto em suas namoradas, especialmente aquelas que demonstram maior atenção aos homens casados. Se em uma reunião eles correm para os caras que conhecem no pescoço com abraços, os beijam, esse comportamento merece excitação. Uma namorada que se comporta dessa maneira precisa ser afastada do marido e, se possível, limitar completamente a comunicação com ela. Esse comportamento sugere que, na menor oportunidade, ela possa afastar o cônjuge.

Quando um beijo é traição

É um beijo uma verdadeira traição em determinadas situações, agora vamos analisar em detalhes. Se você encontrar um amante (amante) com outra pessoa, vale a pena tirar conclusões sobre o que está acontecendo. Palavras como: “Estávamos apenas nos beijando, não havia nada”, você nem consegue acreditar. Esse comportamento de um ente querido é uma traição, não digna de perdão.

Mas antes de tirar certas conclusões, você precisa entender a situação atual para entender se é uma traição ou não. Considere os exemplos de várias situações que levam à solução certa.

Situação com você

As meninas cometem erros, assim como os homens. Você pode imaginar a situação: uma mulher celebra um aniversário ou uma despedida de solteira em um círculo de amigos, separando-se de álcool, perdendo temporariamente o controle de si mesma. Dançando com outro homem, ela beija apaixonadamente o otário, e depois volta para as namoradas e não presta mais atenção nele.

Chegando em casa, uma mulher começa a lembrar o que está acontecendo, analisando a situação. Ela não considera o ato uma traição, porque:

  • Vi um homem pela primeira e última vez;
  • durante o beijo, ele nem tocou seus lugares íntimos;
  • a proximidade sexual estava ausente;
  • aconteceu bêbado.

Não há traição, mas não está claro se tal ato pode ser considerado uma traição. Em parte sim, porque se o marido visse o que estava acontecendo, dificilmente aceitaria as desculpas da esposa.

Situação com seu homem

Os homens são mais frequentemente expostos à traição ou traição. Se você considerar a situação em que um homem beija uma garota que passa por outra, pode chegar à conclusão de que ele traiu sua esposa.

Mas as razões do divórcio e do grande escândalo também não existem. Obviamente, a situação é repugnante, especialmente se o cônjuge notou tudo o que estava acontecendo. A situação merece ressentimento, discussão ou separação temporária. É estúpido justificar o ato de um homem, você precisa dar a ele tempo para entender que erro ele cometeu.

Como sobreviver ao que aconteceu

Na maioria dos casos, um beijo banal não é traição ou traição, mas a fraqueza estúpida de um dos parceiros que não sabe como controlar seus desejos ou ações. Os psicólogos não recomendam gastar muito tempo com o que aconteceu e viver.

Se o parceiro percebeu que cometeu um erro, você precisa dar uma chance a ele para corrigi-lo. Somente relações sexuais íntimas, acompanhadas de contato íntimo, podem ser consideradas uma traição. É uma traição a um ente querido, que não pode ser perdoado sob nenhuma circunstância.

Para muitos, trapacear é um beijo se foi feito intencionalmente. Na maioria das vezes, essa reação não é um erro, porque chegará o momento em que o traidor decidirá ter um relacionamento mais próximo com outra pessoa.

É importante não sucumbir à depressão, você precisa seguir a vida apenas para a frente, não se concentrar no que aconteceu. Muitos casais podem se perdoar por tais ações, contando com o fato de que era uma fraqueza temporária. É importante aprender a aceitar um fato, analisar a situação, entender a si mesmo. Se um homem olha para outra jovem, significa que encontrou algo que você não tem. Pense em sua aparência e autodesenvolvimento.

É necessário abstrair o máximo possível dos problemas, aprender a viver sem uma carga sobre a alma. Se você já perdoou um ente querido, está pronto para viver o resto de sua vida com ele, nunca retorne a essa conversa. Quando tiver dúvidas de que, depois de anos, esquecerá essa situação, deixe-a. Destrua todos os caminhos que levam a essa pessoa. Nada de bom resultará disso, apenas os anos de juventude que podem ser dedicados a um parceiro mais digno desaparecerão.

É fácil começar uma nova vida, se você quiser. Relaxe, descontraia com os amigos, vá com as crianças para o mar. Perdoe o mal, mas apenas à distância, deixe emoções negativas em uma vida passada, leve consigo apenas positivo e fé em um bom futuro.

Fontes:

Psych Central.com
Psychology Today
Very Well Mind
Helpguide

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *