jovens casais brigando

Como evitar crises depois do casamento

Em todos os lugares e em todos os lugares, novas famílias são criadas na sociedade, graças ao desejo eterno dos jovens em se casar.

Mas sob que condições a família criada ficará feliz?

Tem como evitar as crises?

As famílias jovens têm características próprias que as diferenciam das famílias experientes. Quais recursos e sociais funções em famílias jovens?

Família feliz? O que uma pessoa precisa para encontrar a felicidade da família?

Descubra os segredos da felicidade da família nesta página.

Os relacionamentos íntimos na família são um aspecto importante para a criação de uma família feliz. Aprenda a alcançar harmonia nas relações sexuais dos cônjuges.

O problema do alcoolismo na família é um tópico familiar a muitos, não por boatos.

Se o álcool chegou à família, é possível construir relações normais ou o alcoolismo na família é um colapso da felicidade da família?

Uma das consequências mais graves do alcoolismo para uma família é o nascimento de crianças subdesenvolvidas.

casal adulto brigando
casal adulto brigando

Toda a verdade sobre a concepção bêbada. Por que é perigoso e como evitá-lo.

Todos conhecemos o slogan da embriaguez – a batalha. Mas, no entanto, como se livrar da embriaguez com a família? E como vencer a luta contra o alcoolismo?

Muitos cônjuges jovens têm momentos desagradáveis ​​nas relações com os pais do marido ou esposa.

Mas boas relações com os parentes do marido e da esposa são benéficas para ambas as partes. Descubra em nosso site como corrigi-los.

Evitando as primeiras brigas

Quais são as causas do divórcio? Por que as famílias se separam e quais são as que mais correm risco de se divorciar?

O divórcio na família é um tópico relevante para muitos. Destruir uma família é fácil, mas aqui está como evitar divórcio na família e criar uma família feliz?

As causas dos conflitos na família são diferentes, mas levam a um resultado.

Os conflitos na família costumam surgir durante períodos críticos do casamento.

Quando estamos enganados, esperamos perdão do cônjuge. Mas, nós mesmos podemos perdoá-lo pelos mesmos erros? Como perdoar um marido e como perdoar uma esposa?

O amor é importante na família? Se você se lembra de que a maioria dos casamentos é feita de amor, a resposta é sim. Mas ao longo dos anos, o amor pode ir. Como, então, manter o amor na família?

O ciúme é uma sombra do amor. Ciúme significa amor. Por que o amor e o ciúme surgem na família? E o que é ciúme – um sinal de amor ou desconfiança?

Muitas vezes sentimos ciúmes e encontramos uma razão para ciúmes em situações inofensivas. Que tipos de ciúmes existem e que tipo de pessoas são inerentes?

Quando o ciúme surge nas pessoas e quais são as principais causas do ciúme na família?

Nesta página, descubra por que e quando estamos com inveja.

mulher brigando
mulher brigando

Anteriormente, o homem era o chefe indiscutível da família. Mas a emancipação das mulheres forçou uma revisão da questão da liderança familiar. Então, quem é o chefe da família agora?

O relacionamento entre marido e mulher e, portanto, a felicidade da família, depende em grande parte da divisão das responsabilidades familiares dos cônjuges. Como compartilhar responsabilidades na família?

Não é segredo que os casais se acostumam. Incluindo no sexo. Como devolver a paixão às relações familiares e o interesse pelo sexo entre marido e mulher?

Vale a pena trair seu marido e é possível trair sua esposa? Não, não vale a pena. A fidelidade conjugal nos dá muitas vantagens. Por que então as pessoas traem uma à outra? Descubra se você precisa manter a fidelidade conjugal no casamento.

A psicologia do marido em um relacionamento com a esposa

Muitas meninas , casando-se, pintam imagens de uma vida bonita em sua imaginação assim: após vários anos de casamento, o marido faz carreira ou cria um negócio, eles têm filhos, o marido a carrega nos braços e agradece a ela toda a sua vida. Mas, na realidade, acontece de forma diferente.

Depois de alguns meses de casamento, a esposa começa a reclamar que o marido era ganancioso, não está nem um pouco interessado em sua vida e ela nem sequer deseja conversar com ele. O “clima” em uma casa piora muitas vezes se uma criança nasce na família.

De fato, o nascimento de um filho fortalece a família apenas se o amor e a compreensão reinarem entre os cônjuges. Onde não houver sentimentos profundos, a criança não poderá salvar do divórcio. Com o nascimento de um filho em tais famílias, as relações pioram ainda mais.

mulher brigando com o marido
mulher brigando com o marido

Antes de você consideraro problema de fortalecer a família, quero lhe contar a parábola polonesa: “Em uma pequena cidade vivia um professor – um velho sábio. Uma vez ele viu como seu aluno pescava muito peixe, o cozinhava e agora come com apetite.

O sábio perguntou ao discípulo: “Por que você colocou tantos peixes no seu prato?” Ele respondeu: “Eu amo peixe!” O Mestre balançou a cabeça e disse: “Se você adorasse peixe, deixaria na água. E então eu vejo que você ama a si mesmo e ao seu estômago. Você não precisa falar sobre o amor pelo peixe quando gosta de comê-lo. ” Este é o problema das relações em muitas famílias.

O amor de que muitos cônjuges falam não é amor. Mais precisamente, amor, mas não pelo cônjuge, mas por si mesmo. Amor verdadeiro, verdadeiro e eterno por si mesmo. Muitas vezes, esse amor não conhece fronteiras e se torna a causa do colapso da família.

Desde o nascimento, a menina sonha em se casar com um “príncipe” que lhe proporcionará uma vida feliz e rica. E ela representa tudo isso com amor. De fato, o casamento com essa atitude em relação à vida familiar está condenado antecipadamente, porque é semelhante a um acordo comercial: eu lhe digo – você me diz.

Quem realmente ama, a cada minuto pensa apenas em como fazer um cônjuge feliz. Ele não se importa se é um “príncipe” ou uma pessoa comum. O principal é que ele começa a viver melhor ao lado dela.

Não vamos culpar todas as meninas pelo egoísmo e incapacidade de amar. Ninguém os ensinou a pensar de maneira diferente desde a infância. Todos ao seu redor falavam sobre amor, mas ninguém ao mesmo tempo explicava em que aquilo deveria se manifestar.

Assim, as meninas apreciam o “amor pelo peixe” por sentimentos reais e, após o casamento, um véu romântico desaparece rapidamente dos seus olhos e surge uma amarga decepção. A recompensa por esse erro é uma longa vida familiar, quando dois estranhos são forçados a viver sob o mesmo teto.

Só é possível sair desse impasse solicitando o divórcio, que muitos cônjuges não ousam fazer para não causar trauma grave à criança ou por medo de perder o que ganharam ao longo dos anos de casamento.

casal brigado
casal brigado

A familia- isso é muito trabalho. Portanto, você deve se casar com a pessoa a quem está pronto para aceitar como ela é e, durante a sua vida juntos, tentar torná-la melhor. Somente aquele em quem colocamos nossos esforços e esforços se torna cada vez mais amado por nós todos os dias.

Não há necessidade de provar essa verdade. Afinal, toda mãe ama seus filhos, não importa o que aconteça, mesmo que eles lhe causem muitos problemas. Portanto, para realmente amar um marido, você precisa começar a cuidar dele.

Claro, não no sentido de limpar o nariz e trocar de calça, como uma criança. Apenas entenda, apresente como seu “filho”, comece a investir seus pontos fortes, conhecimentos e recursos para que ele alcance o sucesso. Cada pessoa ama, antes de tudo, a si mesma e somente aqueles que se tornam queridos e amados por nós

Somente ao se sacrificar pelo bem de seu homem amado, a mulher experimenta sentimentos de afeição, devoção e respeito por ele. Somente esses sentimentos podem dar um sentimento de alegria e felicidade na vida familiar.

É exatamente assim que as esposas se relacionam com seus maridos em famílias reais, onde os cônjuges vivem felizes para sempre. Eles gostam do fato de o marido gostar de sua atenção e cuidar dele. Felizes no casamento são aquelas mulheres que sabem dar mais do que aceitar.

Claro, aqui cadauma mulher tem o direito de ficar indignada e dizer: “Suponha que a partir de amanhã eu assuma todas as tarefas domésticas – cozinho deliciosamente todos os dias, mantenho a casa limpa e arrumada, cuide da criança, compre comida, pague pelo apartamento, lave, passe a ferro e continue andando trabalhar.

Eu darei e darei, e o que em troca? Mas seu objetivo agora deve ser formulado de maneira um pouco diferente. Afinal, o desejo de receber algo em troca também é consumo. Aprenda a dar apenas para agradar a si mesmo.

Olhe para o seu marido, por outro lado, lembra por que você gostava dele antes do casamento? Em seguida, construa uma comunicação com ele, levando em consideração os traços positivos de seu personagem, pelos quais você o escolheu como seu parceiro de vida. Tente desenvolver essas características positivas e, em seguida, as deficiências que o incomodam agora se tornarão invisíveis.

Não esqueça que todo homem cria uma família, esperando que sua esposa o rodeie com amor e atenção, e não é preciso muito para dar vida à sua esperança.

Supere a preguiça e comece a trabalhar em pé de igualdade com o marido. Não é preciso esperar que alguém lhe proporcione uma vida decente, procure maneiras de sair dessa situação e ofereça ao marido idéias que o ajudarão a obter um bom sucesso. Se você pensa que é apenas uma mulher fraca e desamparada, não deve exigir do seu marido que ele “conquiste os picos” e cuide melhor da família dele.

Fontes:

Psych Central.com
Psychology Today
Very Well Mind
Helpguide