Mulher xingando
Relacionamentos

Como parar de xingar

Para parar de xingar, você precisa, primeiro, querer isso e, em segundo lugar, mudar o ambiente. Quando uma pessoa jura em um círculo de pessoas como ele, os tapetes são considerados a norma. Ninguém reprime, não envergonha, não se ressente. Então, está tudo bem. Você pode continuar a “falar eloquentemente”. Para que os tapetes se afastem, você precisa perceber que o juramento é feio, incivilizado e embaraçoso. Pela maneira como uma pessoa fala, é determinado o nível de sua educação e afiliação social.

Razões para palavrões

Existem várias razões principais pelas quais uma pessoa pronuncia palavras obscenas:

  1. Família Se os pais jurarem, os filhos seguirão o exemplo deles. Desde a infância, percebe-se que deve ser assim, porque uma filha ou filho simplesmente não tem outro exemplo. As crianças aprendem com a mãe e o pai. Se palavrões na família são ouvidos diariamente, as crianças começam a xingar.
  2. O meio ambiente. Palavrões em adolescentes é mais comum do que em adultos. Dessa forma, crianças já maduras enfatizam sua “inclinação”. Ao mesmo tempo, os adolescentes que conseguiram se destacar da multidão de uma maneira diferente são menos sujos. Um papel importante é desempenhado pela reação dos outros. Se os camaradas juram, está tudo bem.
  3. Baixo desenvolvimento intelectual. Na maioria dos casos, uma pessoa pronuncia esteiras para um monte de palavras. Tudo é muito simples. Como o vocabulário é pequeno, a pessoa não pode expressar adequadamente seus pensamentos. Uma coisa é quando o tapete decola sobre o “tópico”, outra quando é pronunciada através de cada palavra não tem sentido.
  4. Incapacidade de se controlar. Uma pessoa cobre seu interlocutor com um tapete quando ele não sabe como mostrar sua superioridade. É necessário insultar, humilhar, para que os ouvidos murchem com o que ouviram. Uma pessoa que sabe se controlar, expressar sua opinião, provar com calma seu caso, defender seus interesses, não precisa de linguagem obscena. Em outras palavras, os fracos juram de desesperança.
  1. Emoções negativas muito brilhantes. Os tapetes saem da boca em certas situações, mesmo para aqueles que tentam aderir a uma cultura de comunicação. Por exemplo, bata com um martelo em um prego, bata no dedo; ele carregava uma lata de leite, e ela caiu e quebrou bem na frente da porta; ele andou ordenadamente no gelo, mas mesmo assim escorregou e caiu. Existem muitas situações na vida. Mas uma pessoa que se preze, mesmo que diga obscenidades, estará sozinha quando ninguém ouvir, ou certamente se desculpará se houver testemunhas do incidente.
  2. O protesto. A situação surge em pessoas que na infância foram sujeitas a um controle rigoroso por seus pais. Até a adolescência ou até mais velhos, eram exemplares e, quando sentiam liberdade, se esforçavam ao máximo. O argumento principal é “eu já sou adulto, posso fazer qualquer coisa, conversar como quiser”. É muito difícil livrar essas pessoas do vício, já que o problema é de natureza psicológica. A personalidade foi formada ao longo dos anos, e agora você precisa convencer que o juramento é feio.

Os padres chamam palavrões não apenas de certas expressões (tapetes), mas também de palavras comuns que carregam um negativo. A propósito, toda nação tem palavrões. Em russo, por algum motivo, eles são os mais ofensivos.

Como isso prejudica

Não faz muito mal se uma pessoa está satisfeita com sua vida e posição na sociedade. Ele jura, outros juram, a garota também pode dizer o que quer. Em geral, não há problema. Surge com diferenças na cultura da comunicação:

  1. Um exemplo típico: um homem quer impressionar uma mulher culta e culta. Para não cair de bruços na lama e não ser eliminado imediatamente, você precisa aprender a se controlar, a se livrar de palavras parasitas.
  2. Outro exemplo de vida está relacionado ao trabalho. Palavrões não são permitidos ao se comunicar com os clientes, falar em público. Ninguém ficará surpreso se o lenhador ou encanador dobrar. Se o professor, o médico ou o chefe do departamento começarem a xingar, outros sofrerão um leve choque.

Se você precisa conseguir um emprego de prestígio, encontrar uma esposa ou marido cultural, precisa se livrar do tapete em seu discurso. Você não poderá fazer isso em um dia, mas em um mês é bem possível. O principal é motivação e trabalho duro consigo mesmo.

As 10 melhores dicas e técnicas para desmamar de maldição

Existem várias maneiras de se livrar das palavras parasitas. Alguns deles são dados por psicólogos, outros por pessoas comuns que passaram por isso e melhoraram seu vocabulário. Os métodos funcionarão com a condição de que a pessoa realmente queira desaprender como jurar.

Banco de multas

Você pode se multar ou confiar esse assunto a amigos, colegas. Há muitos que desejam. E quando experimentarem, eles também começarão a provocar. É mais fácil inventar um banco de multas, jogar uma certa quantia para cada parceiro. Autodisciplina é importante. Se você decidir pagar uma multa, precisará aderir. Mas então será possível “abrir o banco” e comemorar a vitória sobre os palavrões. Você pode fazer um “banco” a partir de uma jarra de vidro comum: enrole-a com uma tampa e faça um buraco por dinheiro.

Understudy words

Você pode pegar sinônimos para tapetes ou substituí-los por palavras engraçadas. Um exemplo pode ser retirado do filme “Gentlemen of Fortune”: uma pessoa má – um rabanete. Para expressar emoções agradáveis, pode-se dizer “incrível”, “legal”, “incrível”. Também são palavras parasitas, mas não soam tão ruins quanto as esteiras.

Mudança de círculo de comunicação

Isto não é tão fácil. Quem recusará um amigo só porque ele decidiu parar de xingar? Uma mudança no círculo da comunicação ocorrerá se uma pessoa mudar de interesse, de visão da vida. Então, um novo ambiente aparece no qual juramentos não são aceitos. Se você quer, não quer, mas precisa se adaptar, aprender a falar lindamente e se expressar culturalmente.

Elástico no pulso

Os animais são ensinados de maneira semelhante. O significado é – é impossível, pois vai doer. Uma gengiva está amarrada ao pulso. Quando o tapete sai da boca, eles o puxam e batem no braço. Com o tempo, o instinto começa a funcionar. O principal é não esquecer o propósito da gengiva no pulso, bater sempre em si mesmo depois de pronunciar palavras obscenas.

Extensão de vocabulário

Às vezes isso ajuda. Quando o vocabulário aumenta, você pode caracterizar a situação, expressar seus pensamentos em frases diferentes. Para captar novas palavras adequadas, é recomendável ler livros. Não é necessário estudar os clássicos. Agora, existem muitas obras contemporâneas escritas em russo cultural. Se estiver muito ruim com a seleção de sinônimos, você pode iniciar um dicionário, anotar suas frases e palavras favoritas.

Pense positivamente

Na maioria dos casos, os tapetes aparecem quando uma pessoa experimenta emoções negativas. Se você aprender a aceitar problemas com um sorriso, reaja com calma à situação e ao comportamento dos outros, então não precisa jurar. Quando houver pensamentos presentes na cabeça, no futuro próximo eles serão expressados. O pensamento positivo ajuda a evitar situações engraçadas.

Reflexões sobre as implicações

Normalmente, esse método é usado por pais que não juram, mas descobriram que seu filho é imundo. Sentam a criança e começam a ler a moralidade para ele, dizem de uma maneira acessível por que não devem ser sujos. Quanto mais convincentes forem os argumentos, maior a probabilidade de a criança ouvir. Os pais que não juram têm mais chances, pois podem se colocar em segurança como exemplo.

Um adulto também pode refletir sobre as consequências. É recomendável que isso seja feito por escrito. Por um lado, descreva as vantagens da linguagem suja, por outro – os menos.

Encontre motivação

Uma pessoa pode alcançar o resultado desejado o mais rápido possível, se tiver um motivo. Será muito mais fácil desaprender palavras obscenas quando uma pessoa decide um objetivo, e elas são diferentes:

  • arranjar um bom emprego;
  • tornar-se uma pessoa culta;
  • mudar o ambiente;
  • encontre um casal digno;
  • tornar-se um exemplo para crianças;
  • “Levanta” aos olhos de um ente querido, amado.

Se uma pessoa está ciente do problema por conta própria, será capaz de se livrar das palavras do parasita para sempre.

Iniciar um relacionamento ou ter um bebê

Conselhos nem sempre funcionam. Se o parceiro se amaldiçoar, o problema não será resolvido, mas criará raízes. Quando um cara acha uma garota que considera os tapetes inaceitáveis, ele tenta se conter. No entanto, é impossível dizer que o método ajuda a se livrar dos parasitas para sempre. Na maioria dos casos, isso acontece: ao lado da garota, o cara não jura, mas jura com os homens como um sapateiro.

Uma situação semelhante com crianças. Alguns “especialistas” aconselham a ter filhos. Como, na presença deles, os pais não juram. Alguns pais e mães, a criança está realmente se segurando. Mas para a maioria das famílias, essa recomendação não ajuda. Os pais não apenas continuam amaldiçoando, como também os filhos aprendem palavras obscenas.

Seja leal a si mesmo

Quando você realmente quer fazer algo, mas falha, muitos desistem. Eles ficaram por uma semana, duas e depois começaram a xingar. Assim será, se uma pessoa não encontrar uma boa razão para você precisar ajustar a cultura da comunicação. É como fumar. Quem realmente quer sair. Lealdade a si mesmo significa que você não precisa ser muito rigoroso, aguarde resultados instantâneos. A diligência e o trabalho irão moer tudo! Não dá certo em um mês – sai em dois.

Como parar de xingar obscenidades: conselhos de especialistas

Se aprendermos a falar sem colchonete, você poderá se inscrever em um curso adequado de palestras para um psicólogo. Muitos vídeos sobre esse assunto estão na Internet. Primeiro de tudo, você precisa descobrir o motivo pelo qual uma pessoa está xingando e depois encontrar maneiras de resolver o problema.

Para a menina

Quando um cara jura, a situação parece familiar. Se ele não abandonou o vício, isso significa que seu discurso combina com aqueles que o rodeiam. Quando aparecer uma garota que irá corrigir constantemente, lembre-se, o cara será corrigido.

Se uma garota ou uma mulher jura, isso é repugnante por pessoas culturais. Essas mulheres pertencem à classe baixa, ou seja, são meninas com baixos padrões morais e éticos, sem cultura, sem educação, sem instrução. Se você precisar mudar sua atitude para si mesmo, causar uma boa impressão nos outros, corrija o discurso. Qualquer uma das maneiras acima para lidar com um mau hábito servirá.

Adolescente

Na adolescência, as crianças cedem facilmente a influências boas ou ruins. Os pais precisam estar alertas constantemente. Palestras explicativas devem ser realizadas, interesse no ambiente da criança, amigos. Vale a pena notar que as proibições categóricas e o uso da força não ajudarão. Tais métodos causam o efeito oposto. O adolescente começa a protestar e xingar ainda mais. Você precisa encontrar um ponto fraco, explicar por que não deve xingar e também descobrir o motivo do aparecimento de palavrões no léxico. Motivos pelos quais os adolescentes juram:

  1. Hormônios e aumento do desejo sexual. Você não pode fazer sexo, então os adolescentes começam a usar linguagem obscena como compensação, dizendo palavras semelhantes ao nome dos órgãos genitais.
  2. Identificação. Os adolescentes geralmente se agrupam, formam seu próprio círculo. Quando a maioria jura, ele próprio deve fazê-lo para não se destacar da multidão.
  3. Demonstração de independência. Os adolescentes estão se esforçando ao máximo para provar que são adultos. Eles tendem a negligenciar regras sociais, normas e proibições dos pais. Palavrões, meninos e meninas demonstram inclinação, independência, independência.
  4. Ênfase na idade adulta. Quando os pais juram e os filhos são repreendidos por isso, esse esquema leva apenas a uma coisa: a criança cresce e também começa a xingar. Isso ressalta o fato de que ele já se tornou adulto e pode ser expresso como mãe e pai.
  5. Arma de vingança. Os adolescentes, proferindo palavras obscenas, se vingam dos adultos por insulto e também expressam suas emoções negativas. As crianças maduras ainda não estão confiantes em si mesmas, então frases chocantes são usadas como armadura protetora.
  6. Atração de atenção. Muitas vezes, os adolescentes se sentem deixados de fora. Os adultos estão preocupados com seus problemas, não se importam com “experiências da infância” e não são tão infantis. Nessa idade, observa-se a puberdade, que bate nos nervos, o primeiro amor sem sucesso e muito mais.

Ações de adultos:

  • descobrir o motivo;
  • analise seu comportamento;
  • converse com a criança sobre as consequências do uso de palavras parasitárias;
  • se não for possível convencer completamente, peça para não jurar na presença de adultos;
  • fale francamente sobre o que a criança está experimentando, sua ansiedade, medos;
  • ajude o adolescente na hora certa, dedique um tempo para educar.

Se os pais se comunicam culturalmente na família, a criança cresce e para de xingar. Antes disso, ele só precisa explicar por que xingar é ruim, indecente e até fora de moda. Atualmente, as boas maneiras são valorizadas.

Nos tempos antigos, palavrões eram lançados como feitiços de espíritos malignos. É difícil acreditar que o homem moderno se proteja dos problemas dessa maneira. É preciso ser prudente, não entupir a fala e não ceder ao reflexo do rebanho.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *