mulher triste com o marido
Relacionamentos

Como Reconhecer a Falsidade

Existem muitas indicações de mentira. Os mentirosos se comportam de maneira estranha, não controlam a fala ou a trituram muito bem. Gestos, expressões faciais, mudanças de aparência revelam mentiras. Medos e falta de controle interno decepcionam os mentirosos. Somente os profissionais sabem como conduzir habilmente os outros pelo nariz, sem sentir o menor remorso.

Métodos para determinar mentiras

A tentativa de uma pessoa enganar a segunda é chamada de mentira. Na psicologia, existem várias variedades:

  • calúnia;
  • trapaça;
  • blefe;
  • falsificação.

É considerado uma mentira deliberadamente enganar outras pessoas. Você pode determinar quando uma pessoa está mentindo por gestos, expressões faciais, emoções, fala incoerente. No entanto, algumas pessoas fazem isso de maneira tão profissional que outras não suspeitam de fraude. No mundo moderno, dispositivos especiais são usados ​​para ajudar a reconhecer um mentiroso e descobrir a verdade – polígrafos, detectores de mentiras.

Existem três métodos de reconhecimento de mentiras usadas no cotidiano e nas atividades profissionais de alguns serviços:

  1. Verbal. Uma pessoa que está dizendo a verdade irá expor tudo como era na realidade. Ele não se importa se eles acreditam ou não. Ele simplesmente fala sobre fatos reais, eventos. Um mentiroso monitora cada palavra, procura tornar sua história o mais harmoniosa e coordenada possível. Um mentiroso repete frases memorizadas várias vezes, porque tem medo de dizer algo supérfluo. O discurso é bem pensado, bem filtrado.
  2. Não verbal. O método permite que você traga o enganador à água limpa, observando seu comportamento, gesto, expressões faciais. Os especialistas identificam vários sinais óbvios de uma mentira: coçar a orelha ou o pescoço, puxar a gola, alisar o cabelo. Um mentiroso está ansioso, nervoso, muitas vezes perde a coordenação dos movimentos e não pode segurar objetos nas mãos. Sua história é desprovida de cor emocional. Quando uma pessoa recorda eventos do passado, aparecem imagens vívidas em sua cabeça, às quais reage com maior emocionalidade. Durante as mentiras, não há lembranças, apenas imagens artificiais são exibidas.
  1. Psicológico. Com base na observação da reação de uma pessoa. Eventos luminosos são armazenados na memória humana por um longo período de tempo e, na menor lembrança, uma certa reação aparece – uma mudança na cor da pele, palpitações cardíacas, pupila dilatada ou estreitada. O método psicológico para diagnosticar mentiras envolve o uso de detectores. Em casos raros, uma pessoa permanece calma quando faz uma pergunta emocionante.

São necessárias mentiras para controlar o comportamento e as ações dos outros. No entanto, um mentiroso está sempre preocupado quando conta uma mentira. Apesar de todos os esforços para manter a calma, sinais de mentiras se manifestam na fala, comportamento e gestos.

Falando erros mentirosos

Quando uma pessoa conta uma mentira, seu discurso pode ser incoerente ou, inversamente, polido. Às vezes, é até difícil para os profissionais levar um mentiroso para a água limpa. Mas se você analisar a conversa, poderá encontrar sinais ocultos e óbvios de mentiras.

Reservas

Mesmo que uma pessoa memorize frases, pense em cada palavra, ainda há reservas. Obviamente, apenas com base nisso, não podemos dizer com certeza que o oponente está mentindo. Imprecisões e isenções de responsabilidade na conversa aparecem durante a excitação, e essa condição é causada por vários fatores. No entanto, se durante uma conversa as reservas são muito comuns, vale a pena considerar se o interlocutor está mentindo.

Pausar

Na comunicação, pausas são sinais de manipulação. Se desejado, os efeitos em outra pessoa são usados ​​especificamente. Mas o oponente, que não pode responder rapidamente à questão colocada, na maioria dos casos mente. Em movimento, ele precisa descobrir como não “queimar” o que dizer em sua defesa. Em tais situações, os mentirosos dão algo absurdo ou ficam calados. Se antes disso, durante uma conversa, o interlocutor não fazia interrupções na comunicação, conversava claramente, respondia a perguntas, então o silêncio repentino é um claro sintoma de uma mentira.

Frases memorizadas, repetições

Para o interlocutor mentiu pela verdade, você precisa se esforçar. O enganador ensaia a fala, aprende frases, seleciona antecipadamente possíveis respostas para possíveis perguntas comprometedoras. Não há o que reclamar, se não for uma coisa: o mentiroso repete frases memorizadas várias vezes, mesmo que não sejam inteiramente apropriadas. É assustador dizer algo supérfluo.

Outro sintoma de mentira e engano é a repetição de frases do interlocutor. Um exemplo:

“Querida, você me traiu enquanto eu estava fora?”

– Não, querida, eu não mudei enquanto você estava fora!

Dessa forma, o mentiroso ganha tempo, determina o melhor modelo de comportamento na situação atual, em movimento, ele pensa no que dizer a seguir.

Um mentiroso inexperiente se depara com erros primitivos. Nega o óbvio, diz bobagem, algo resmunga de assunto, tentando se afastar da conversa. Outro sinal de um mentiroso é uma tentativa de mover as flechas, culpar o oponente por alguma coisa. O mentiroso aparece com frases ofensivas, insultos, apenas para desequilibrar o oponente, para silenciar. Nesse caso, a expressão: “A melhor defesa é um ataque”.

Sinais externos

Às vezes, a linguagem corporal fala mais que palavras. Métodos de comunicação não-verbais – uma ferramenta poderosa com a qual as informações são transmitidas a outras pessoas. Os psicólogos fizeram vários sinais pelos quais um mentiroso pode ser identificado.

Olhos e pupilas

Quando uma pessoa conta uma mentira, os alunos se expandem ou contraem. Esta é a reação do corpo à excitação. Se um mentiroso entende que não acredita nele e está prestes a expô-lo, seus olhos “saem de suas órbitas”, as pupilas são arredondadas.

Uma rápida olhada é um sinal de encontrar uma resposta para uma pergunta sensível. Quanto mais sério o problema, mais ativo o cérebro está trabalhando, melhor é a excitação geral. Um olhar correndo é um sinal de pânico. Um mentiroso precisa descobrir instantaneamente como se proteger.

Dá uma olhada intermitente por muito tempo quando você precisa dar uma resposta para a pergunta. Uma pessoa está imersa em seus pensamentos, procurando respostas no subconsciente. Além disso, esse estado é característico de um mentiroso que quer entender se acredita ou não nele. Ele olha nos olhos do interlocutor, mantém contato por um longo tempo. Ele não desvia o olhar, verifica a reação do parceiro.

Evitar o contato visual direto também é o principal sinal de mentira. Para fazer um mentiroso para não mentir, você deve dizer a ele: “Olhe nos meus olhos”. Então o mentiroso mostra um olhar indiferente ou não consegue controlar as pupilas em execução.

Expressões faciais

Se você observar mudanças nas expressões faciais, poderá entender se a pessoa com quem está falando está mentindo ou não, porque é nela que as emoções são exibidas. Uma clara manifestação de mentiras são lábios apertados. Essa condição é um sinal de perplexidade e arrependimento. O lábio inferior surge, os cantos da boca caem. O trapaceiro morde seus lábios enquanto ele sacode algo desnecessário. Se uma pessoa está nervosa, seu olho começa a tremer, um piscar frequente aparece. Além disso, o mentiroso frequentemente esfrega a pálpebra esquerda. Outro sinal claro de mentira é uma mudança de aparência. A pele fica pálida ou vermelha.

Gestos de mão

De acordo com informações científicas, para reconhecer uma mentira, é necessário observar cuidadosamente o movimento do lado esquerdo do corpo do interlocutor. O que uma pessoa quer demonstrar, ela mostrará o lado direito, esconderá – o esquerdo. Quando um parceiro está gesticulando ativamente com a mão direita, ele distrai, disfarça o verdadeiro estado das coisas. Outros sinais:

  1. Braços cruzados são um sinal de desconforto e proteção dos outros. Nem sempre esse gesto significa a intenção de um parceiro de enganar. Quando essa pose aparece na forma de uma reação a uma pergunta, vale a pena considerar. Este é um sinal de falta de sinceridade. O interlocutor emitiu uma frase e imediatamente cruzou os braços sobre o peito.
  1. O gesto “não sei”, com os braços abertos para o lado, é uma manifestação clássica de falta de informação. Quando o oponente responde afirmativamente, e seus ombros se levantam, seus braços divergem para o lado, isso indica sua incerteza.
  2. Mãos nos bolsos falam do desejo do interlocutor de se esconder, para evitar a resposta.
  3. Gestos contínuos nas mãos, um desejo de tocar a orelha, nariz, boca também são considerados como um sinal claro de decepção.

Uma pessoa calma e confiante segura as mãos na frente dele, não as acena em direções diferentes, não hesita em mostrar as mãos abertas.

Gestos corporais

É possível expor a mentira pelo movimento do corpo e pela postura aceita:

  1. Afaste-se. O trapaceiro reage automaticamente. Subconscientemente, há um desejo de aumentar a distância. Após uma resposta incorreta, o parceiro dá um passo atrás. Este gesto indica desconforto. Mentirosos hábeis controlam perfeitamente seu corpo, então, após uma mentira direta, eles não se afastam, mas um mentiroso inexperiente pode ser facilmente exposto.
  2. Virar para o lado (direita, esquerda) indica o desejo do interlocutor de se esconder mais rapidamente. Vetor de direção subconscientemente determinado. Pode não ser o corpo que gira, mas a cabeça, mas o significado do gesto permanece o mesmo. O desejo de se esconder surge em resposta ao desconforto.

Manifestações fisiológicas das mentiras: palpitações, aumento da transpiração, gagueira, alterações na pressão arterial, aumento da frequência cardíaca. Os sintomas podem se manifestar de maneiras diferentes. Mentirosos experientes são capazes de esconder o desconforto interno.

Sinais de uma mentira em mensagens

Na era da Internet e das redes sociais, você precisa se comunicar com uma pessoa por correspondência. Sem ver o interlocutor, sem ouvir sua voz, é difícil descobrir se ele está dizendo a verdade ou não. No entanto, existem vários sinais pelos quais uma fraude pode ser suspeita.

Conjunto longo

Se o oponente não responder por muito tempo, isso indica um atraso deliberado do tempo. É necessário apresentar e formular corretamente a resposta para não se trair, para não semear desconfiança. Aprender sobre a falta de sinceridade ajudará a uma pausa na comunicação por telefone.

Correções, exclusões

A situação é semelhante. O parceiro pensa em como melhor mentir. Primeiro um pensamento vem à mente, depois outro. O homem corrige o texto, corrige sentenças, muda de idéia. Geralmente, a mensagem já enviada é excluída com a esperança de que o interlocutor do outro lado do monitor não tenha tempo para ler.

Calcular esses enganadores é bastante simples. Só é necessário observar o comportamento deles durante a correspondência. Recuperar-se de uma mentira não é tão difícil quanto parece inicialmente.

Frases em desacordo

Quando uma pessoa que afirma claramente seus pensamentos começa a se perder, escreve em desacordo, isso significa uma de duas coisas: ela está mentindo ou está intoxicada. Primeiro ele diz uma coisa, depois outra, depois tenta dar desculpas, e o resultado é um trocadilho. Este é um sinal que deve alertar.

O papel do tolo

A técnica é usada com muita frequência. Fala sobre mentiras diretas e a intenção do interlocutor de prolongar o tempo. Nesses casos, as frases “esqueci”, “completamente acabadas”, “voaram da minha cabeça”. É muito simples enganar dessa maneira, mas não é difícil identificar um mentiroso.

Chamada à consciência

No SMS, parece uma repreensão. O parceiro está tentando pressionar sua consciência, para fazê-lo sentir vergonha, ele parou de interrogar: “Confiei em você e você! Obrigado! Após essa frase, uma reação previsível aparece – o pedido de desculpas do “atacante”.

O que determina a capacidade de mentir

Nem todo mundo sabe mentir. Algumas pessoas conseguem manipular habilmente outras pessoas e deixá-las secas da água, enquanto outras não. Fatores que complicam a interpretação das mentiras e a identificação dos mentirosos:

  1. Recursos individuais. As pessoas astutas por natureza saem de qualquer situação. Depois de uma mentira direta, eles não sentem remorso, então raramente ocorre emoção. Dizem sobre essas personalidades: “Mentir – como piscar de olhos”. Mesmo que alguém suspeite de uma mentira, trazer um mentiroso para a água limpa é problemático.
  1. Seletividade da manifestação. Em cada nova situação, uma pessoa se comporta de maneira diferente, por isso é difícil rastrear o comportamento.
  2. Preparação. Com a idade, uma pessoa se torna mais experiente em tudo, mesmo na arte de mentir. Expor ele ainda mais difícil, o que significa que ele continuará a manipular os outros. Além disso, o treinamento focado desempenha um papel enorme. Mesmo um detector de mentiras não pode expor profissionais. Durante uma mentira, eles se comportam com calma, equilíbrio. Eles não são traídos por gestos, postura, palavras.

Deixar um mentiroso para baixo pode ter medo de ser pego. Muitos perdem a vigilância quando um interlocutor autorizado aparece diante deles, capaz de distinguir a verdade e ouvir atentamente.

Uma pessoa está mentindo para obter benefícios para si ou para o propósito de proteção. Em cada uma delas vive um ator que, mais cedo ou mais tarde, mostra sua habilidade. Muitos mentem ou mentem, mas para algumas pessoas as mentiras se tornam a norma, por isso é difícil expô-las.

Fontes:

Psych Central.com
Psychology Today
Very Well Mind
Helpguide

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *