Casal separado pela parede
Família

Meu marido deixou de me amar

Alguns casais se separam como resultado de sentimentos refrescantes. Se o marido parou de amar, antes de tudo, seu comportamento em relação à esposa muda, o interesse é perdido, novos hobbies aparecem. Para preservar a família, estabelecer contato nela, é necessário reconhecer o desbotamento dos sentimentos em tempo hábil e tentar devolver tudo ao seu lugar.

A essência do problema

Cada segunda família está passando por crises familiares, mas nem sempre tudo acaba em divórcio. Se você entender a tempo que seu marido parou de amar, poderá encontrar rapidamente maneiras eficazes de resolver o problema e entender o que fazer.

Quando um dos cônjuges deixa sentimentos, esse é realmente um problema sério com o qual você precisa lidar. Primeiro, lide com as razões da perda do amor, talvez essas sejam apenas dificuldades temporárias. Se o marido deixar claro que o motivo está em outra mulher ou na relutância em se casar mais, será difícil corrigir a situação.

Poucas mulheres prestam atenção ao problema, algumas parecem o cansaço de um cônjuge, a perda de interesse. Tais desculpas seriam inapropriadas, porque se um homem decidisse por si mesmo que seus sentimentos haviam desaparecido, resta apenas aceitar adequadamente essa situação.

Razões para resfriar os sentidos

Todas as mulheres querem ser amadas, passam tempo com seus homens, desfrutando de felicidade. Se o amor desapareceu, é difícil receber e dar energia positiva. Desentendimentos familiares, brigas, escândalos surgem, levando a uma ruptura nas relações.

Para eliminar complicações dentro da família, as mulheres devem saber como entender que o amado marido realmente se apaixonou e não mostra mais nenhum sentimento. Esses momentos se tornam notáveis ​​em seu comportamento, atitude em relação ao cônjuge e no tempo que passamos juntos.

Há muitas razões pelas quais o marido está tão subitamente apaixonado, que cada uma delas merece atenção. Analisaremos as principais razões em detalhes, determinaremos os erros das mulheres que levam à redução de sentimentos e emoções.

A própria esposa é a culpada

Às vezes, as mulheres podem reclamar com amigos ou psicólogos que o amado marido disse que se apaixonou. Uma das razões para essa atitude é a negligência da esposa, tarefas domésticas constantes, criação dos filhos. O marido deixou de ver no cônjuge a mulher atraente com quem se casou.

Este é o erro mais grave das mulheres que, após o casamento, assumem que o marido não vai a lugar nenhum. Um homem, pelo contrário, sempre quer ver sua esposa bonita, doce, brilhante. São esses fatores externos que causam uma tempestade de paixão, aumentam as emoções à sua vista, tornam a vida familiar diversificada.

Uma mulher, sendo esposa e mãe, dedica mais tempo à criação de um filho, limpando o apartamento, preparando o jantar. É indiferente a máxima indiferença para si mesmo agradar a um homem, mesmo que ele a ame muito.

Se a razão pela qual o marido se apaixonou por sua esposa é sua aparência monótona, perda de interesse em si mesmo, a situação pode ser facilmente corrigida. A menina deve cuidar de si mesma, trocar o roupão de casa habitual por atraente pijama, sempre que possível para sair com o marido para estabelecimentos decentes. Agora, criar filhos é muito mais fácil, porque você sempre pode deixar seu bebê com uma babá, avó ou irmão / irmã mais velho, indo com o marido para um encontro romântico. Os psicólogos aconselham a organizar essas reuniões para si mesmos, fortalecendo sentimentos e devolvendo o amor anterior.

Em qualquer situação, a esposa deve parecer decente, usar roupas bonitas, fazer maquiagem e penteado. Todas as manipulações com a aparência ocorrem exclusivamente para o bem dele e de seu homem; então, por que não criar um feriado assim em casa? Trabalhe com senso de humor, desenvolva-se, seja uma mulher digna que mereça o amor eterno de seu marido.

A razão está no próprio homem

Às vezes, os relacionamentos familiares desmoronam a pedido de um cônjuge que não quer mais continuar morando ao lado de sua esposa não amada. Tudo é muito simples, meu marido realmente parou de amar e decidiu deixar a família para não desperdiçar juventude e tempo em relacionamentos que não têm futuro. Existem muitas razões pelas quais o marido deixa a esposa por sua própria iniciativa. Estes incluem:

  • estresse após o parto, medo de deveres;
  • falha material;
  • falta de sentimentos pelo cônjuge;
  • a presença de outro amor;
  • evasão de responsabilidades;
  • desejo de sentir a vida livre.

Se o seu marido parou de te amar, apenas atendeu e saiu sem explicação, isso não significa que o problema esteja com a mulher. Alguns maridos não podem aceitar o fato de que sua esposa é muito mais forte em espírito, ela pode lidar com quaisquer dificuldades ou obstáculos. Para não desmoronar completamente, eles decidem terminar o relacionamento, indo em busca de outra vítima.

Quando um homem diz que não experimenta mais sentimentos, é impossível influenciar a situação. Apenas aceite esse fato, humilhe-se, deixe-o ir. Na presença de filhos, seu relacionamento com o pai não deve se deteriorar sob nenhum pretexto. É por isso que os psicólogos não aconselham a colocar barreiras na comunicação de pais e filhos, dando-lhes total liberdade à luz da situação atual.

Sinais de sentimentos desbotados

O amor não passa sem deixar vestígios, afeta necessariamente o relacionamento, o comportamento dos cônjuges.

Há muitos sinais mostrando que o marido aparentemente se apaixonou por sua esposa e não tem mais sentimentos por ela:

  • perda de interesse;
  • falta de vontade de entender;
  • atitude rude;
  • falta de sexo;
  • brigas, escândalos;
  • traição;
  • atrasos no trabalho.

Todos esses sinais mostram que o homem perdeu o interesse em sua esposa, não a aprecia mais como mulher. As esposas começam a pensar no que fazer se o marido, por razões desconhecidas, se apaixonar, como recuperar a paixão anterior e a boa atitude. Nesse caso, o retorno de juros será extremamente difícil, quase impossível. Depois de vários anos morando juntos, um relacionamento pode simplesmente incomodar o marido, ele vai querer diversidade. Eles não serão capazes de manipular mais seus entes queridos, terão que tomar uma decisão de viver separadamente, arquivar documentos para o divórcio.

Indiferença

A indiferença é a manifestação mais desagradável que pode ocorrer nos relacionamentos familiares. Manifesta-se em tudo – no comportamento, nas conversas, etc. Um homem pode evitar a comunicação com a esposa, voltar para casa depois do trabalho e fazer o que quiser.

Com indiferença, não apenas a conexão emocional entre os parceiros sofre, mas também a psique feminina é perturbada. A esposa não entende por que, após tantos anos de relacionamento, seu comportamento mudou dramaticamente, seus sentimentos esfriaram e sua atitude se tornou imprevisível.

A indiferença é muito mais difícil de experimentar do que certos sentimentos agressivos. Quando um homem é rude, ele ainda mostra certas emoções em relação à mulher. Se houver um vazio dentro dele, certamente se refletirá no comportamento, estrangulando a esposa por dentro, fazendo você pensar no triste fim.

Rudeza

Às vezes, as mulheres procuram o psicólogo para uma consulta com as palavras: “Meu marido se apaixonou, ficou frio, cruel, mas ele não vai embora. Como continuar vivendo em tal situação? ” É impossível dar uma resposta definitiva por que a grosseria no comportamento surge. Mas é ela quem é o primeiro sinal de sentimentos refrescantes, perda de interesse. O homem começa a ficar irritado por qualquer motivo, a tornar seu cônjuge culpado de todos os problemas e dificuldades.

A grosseria na ausência de amor pode se manifestar de maneiras diferentes. Ela nem sempre é física. A grosseria emocional também indica falta de amor. Um marido pode, sem hesitar, insultar sua esposa, apresentar queixa na direção dela, fazer comentários. O abuso físico também desempenha um papel importante em tais relacionamentos. Manifesta-se durante escândalos, às vezes vai além das normas permitidas.

Não leva em consideração a opinião da esposa

Muitos homens estão acostumados a ser os principais na família e nos relacionamentos, assumindo responsabilidades. Eles têm certeza de que é necessário considerar a opinião do cônjuge apenas quando for realmente necessário. Mas se o cônjuge toma decisões importantes por conta própria e coloca a mulher diante do fato, ele definitivamente deixa de amar.

A família é construída no entendimento mútuo, confiança, respeito. Ao tomar decisões importantes na vida de forma independente, o marido mostra que a esposa é um lugar vazio para ele, e as relações com ela não são sérias, importantes.

Essa situação requer esclarecimento das circunstâncias em que o próprio cônjuge tomou uma decisão importante para a família. Se ele realmente tinha um bom motivo, é muito cedo para tirar conclusões. No futuro, é preciso observar suas ações para confirmar ou refutar o fato da falta de amor e respeito.

Senso de superioridade

Um homem em cujo coração o amor não vive respeita e valoriza apenas a si mesmo. Se você notar para um cônjuge tais manifestações em que ele se coloca, em primeiro lugar, ele só tem um senso de superioridade.

Construir novos relacionamentos em tal atmosfera é simplesmente impossível, porque é difícil prever seu comportamento em certos casos. Se for difícil mudar a situação, você só precisa entender como deixar seu marido ir embora, destruindo todas as comunicações entre você. Os psicólogos confirmam o fato de que um senso de superioridade chega ao homem somente quando o amor desaparece.

Relutância em entender

Não é necessário ter experiência em um relacionamento para entender o que é certo e o que não é. Ao formar uma família, ambos os parceiros “assinam” um acordo de vida de que estarão juntos em alegria e tristeza, em entendimento, no desejo de dar um ao outro apenas felicidade e calor. Se o cônjuge encontra constantemente certas falhas na mulher, faz suas observações, não compartilha seus hobbies, esse relacionamento não está destinado a durar muito tempo.

Compreender um ao outro é um dos pontos importantes sem os quais a família e os sentimentos não sobreviverão. Se você começar a perceber que seu marido não entende desejos, dita suas próprias regras de vida, então algo mudou em sua atitude em relação a você. Tente encontrar compromissos, às vezes faça concessões, mas se eles não permitirem melhorar a situação, apenas interrompa esse relacionamento.

Comunicação ao lado

Os psicólogos dizem que quando há amor, paixão e compreensão mútua em um relacionamento, não há espaço para traição. Se isso aconteceu, então o homem se apaixonou por outro ou parou de te amar.

A comunicação ao lado é uma ocasião para terminar o relacionamento, para entender que não há mais espaço para o amor. Um homem sem amor pode machucar sua esposa com vários atos abertos, desafiadoramente partir para sua amante durante uma discussão, passar a noite onde quiser. Se o marido parou de amar, ele fará tais manipulações regularmente, fazendo o que gosta.

Às vezes, trapacear ocorre por engano, sem sentimentos e entusiasmo. A primeira infidelidade casual masculina não significa que ele deixou de amar e não quer mais continuar o relacionamento. Em tais situações, você só precisa conversar com seu cônjuge e descobrir todas as circunstâncias em que isso aconteceu. Se a conexão do lado ocorrer regularmente, é hora de interromper o relacionamento e deixar o cônjuge.

Fluxo interminável de censuras

Uma pessoa amorosa sempre aceita um ente querido como ele é. Quando um homem deixa de amar, ele começa a considerar várias deficiências em uma mulher, censurando-a por elas. Se você ouviu esses comentários do seu cônjuge, pense se ele ainda te ama.

Se críticas ou comentários são ouvidos por um motivo específico, o fato de sua presença deve ser aceito, tentando consertar alguma coisa. Se um homem censura sem motivo, está nervoso, mostra seu descontentamento, então você não é mais o sujeito de sua adoração.

A ausência de um marido à noite

Um marido amoroso estará sempre nas asas do amor com pressa para ir para casa, para sua esposa, para passar uma noite com ela, para contar tudo o que aconteceu durante o dia. Se recentemente o marido está atrasado, passa mais tempo com os amigos, então algo dentro dele está mudando. Ele fica frio, indiferente, com os pedidos de sua esposa de voltarem cedo pelos ouvidos.

Você não deve tirar imediatamente certas conclusões; primeiro você precisa conversar com seu cônjuge, descobrir qual é o motivo de tais ações. Se reuniões com amigos são raras, não há motivo para se preocupar. Talvez ele só queira comunicação masculina, isso não significa um esfriamento de sentimentos. Se, juntamente com a ausência, a atitude dele em relação a você mudar, é hora de soar o alarme. Escândalos não podem mudar a situação; aqui você só precisa conversar calmamente com seu ente querido, descobrir e tomar certas medidas.

Incapacidade de entrar em contato

O contato entre os cônjuges pode ser diferente: verbal, tátil, emocional, sexual. Se quebrado, torna-se inferior, chato, raro, podemos falar sobre o início da destruição das relações, sobre o desbotamento dos sentimentos.

Primeiro de tudo, a comunicação sofre, os cônjuges passam cada vez menos tempo juntos. Sem tópicos comuns para conversa, os relacionamentos familiares são quebrados. Então a esfera sexual fica sob a influência negativa, o sexo se torna monótono, chato, sem o devido prazer.

Na presença dessas manifestações, os sentimentos são imediatamente destruídos. Os cônjuges se afastam, iniciam uma nova vida, prestando menos atenção um ao outro. Você pode mudar a situação apenas com desejo mútuo, bem como com a ajuda de um psicólogo que encontrará as principais razões para esse fenômeno.

Grande decepção

Às vezes, os cônjuges ficam muito decepcionados um com o outro, passam os sentimentos acumulados ao longo dos anos de relacionamento. Os motivos da decepção podem incluir:

  • traição;
  • má situação financeira

Se um homem está muito decepcionado com uma mulher, ele gradualmente perde o interesse nela, não pode se forçar a manter sua atitude anterior. É impossível influenciar essa manifestação, mesmo os métodos psicológicos aqui serão impotentes.

Como posso tentar salvar a família

Se seu marido parou de amar você, não se apresse em tomar decisões drásticas, dê tempo à situação para entender tudo. Às vezes, as meninas estão prontas para se tornarem vítimas de filhos, a fim de salvar a família e não permitir que o marido saia para outro.

Querendo estabelecer relacionamentos e devolver os sentimentos calmos, é necessário fazer o máximo de esforço. Apaixonar-se por alguém de fora é muito mais fácil do que fazer o marido se lembrar de sentimentos passados. Mas, no entanto, existem alguns métodos, você precisa prestar atenção neles:

  • noites românticas frequentes sem filhos e outros membros da família;
  • presentes sem motivo, surpresas românticas;
  • interesse no trabalho do marido;
  • cuidar de um cônjuge não apenas com uma deterioração do bem-estar;
  • intimidade pelo menos 3-4 vezes por semana;
  • mudanças significativas na aparência;
  • visitas conjuntas a um psicólogo, se o marido concordar com isso.

O trabalho em relacionamentos, se ele não gosta, leva tempo. É importante considerar todos os desejos do cônjuge, satisfazer seus caprichos, comprometer-se. Ele deve sempre se sentir mais forte. Mas na esperança de salvar a família não sacrifique seus sentimentos, auto-estima. Se o cônjuge manipular por um longo tempo, tomar boas atitudes e cuidados, mas manter seu comportamento, será impossível obter uma renovação do amor.

Como parar de amar um marido, se você não poderia salvar a família

Se todas as manipulações para preservar a família e os sentimentos anteriores foram inúteis, basta tentar esquecer seu cônjuge, começar a vida do zero. Quando os sentimentos da esposa ainda não esfriaram, ela continua amando, sofrendo, recusando-se a aceitar a situação, a melhor opção aqui é uma viagem a um psicólogo. No processo de comunicação, você pode falar sobre tudo que preocupa a alma, tentar encontrar as melhores maneiras de mudar sua vida.

Os psicólogos falam sobre como sobreviver ao divórcio, esquecem tudo o que aconteceu e sintonizam uma nova vida sem a presença do marido. Para fazer isso, existem métodos padrão eficazes que ajudam a abstrair rapidamente:

  • novo hobby;
  • anda com os amigos;
  • maior atenção às crianças;
  • treinamento avançado no trabalho;
  • Viagem
  • praticando esportes.

Todas essas ações ajudarão a mulher a se distrair dos maus pensamentos, a se livrar da energia negativa acumulada na vida familiar. Os psicólogos aconselham os clientes a continuar uma vida ativa para que não haja tempo para sofrimento, decepção e lágrimas.

Se você descobrir que seu marido parou de amá-lo, não funcionará para corrigir à força a situação. Aceite esse fato, você precisa aceitá-lo com dignidade e continuar a vida sem um cônjuge. Segundo as estatísticas, 40% das famílias se separam devido à falta de sentimentos mútuos; ninguém consegue mudar nada.

O que evitar

Quando um relacionamento se depara com uma falta de amor e uma relutância em estar juntos, as mulheres podem cometer erros que exacerbam a situação. Os psicólogos identificam várias más condutas que você não pode fazer:

  • esclarecimento das relações com o marido;
  • escândalos se transformando em insultos um ao outro;
  • obsessão, que assusta ainda mais o cônjuge;
  • chantagem de crianças;
  • ouvindo o conselho de amigos;
  • consolar-se com as ilusões de que ele voltará novamente.

Esses erros apenas agravam a situação, humilham a esposa na frente do marido. Se você ouviu palavras sobre o desagrado do cônjuge, tenha a coragem de aceitá-lo e deixá-lo. Mulheres fortes raramente sofrem insultos e humilhações, não vivem com uma pessoa que não as ama mais.

É muito difícil sobreviver a um rompimento com seu cônjuge e entender que o amor acabou. Os psicólogos recomendam que as mulheres não se concentrem no que aconteceu, mas aceitem adequadamente a situação. As dicas a seguir ajudarão você a lidar com a separação:

  • estilo de vida ativo;
  • novos conhecidos;
  • passatempos de outros homens;
  • novo hobby;
  • esporte ativo;
  • desenvolvimento de suas habilidades.

Se uma mulher está envolvida no autodesenvolvimento, melhorando suas habilidades, ela atrairá a atenção dos homens ao redor. Uma garota auto-suficiente nunca ficará deprimida, vivendo apenas lembranças do passado.

Fontes:

Psych Central.com
Psychology Today
Very Well Mind
Helpguide

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *