Sem categoria

Meu marido saiu de casa – O que fazer

Como sobreviver à saída do marido da família? Como entender que o marido saiu para sempre? Muitas mulheres enfrentam esse problema. Os homens freqüentemente abandonam suas almas gêmeas e partem para procurar a felicidade do lado. Obviamente, nesse caso, a família entra em colapso e aconselhar algo parece inútil.

mulher sozinha esperando
mulher sozinha esperando

Se o marido for embora, a mulher é frequentemente visitada por um sentimento de desespero e desesperança. Ela começa a experimentar dificuldades psicológicas: começa a duvidar de si mesma e de suas habilidades. Quando meu marido foi embora, eu não quero fazer nada, minhas mãos caem literalmente. 

Uma mulher que se encontra em uma situação semelhante muitas vezes se perde, não sabe como viver. O conselho de um psicólogo pode ser útil para aqueles que estão desesperados e perderam a fé em suas próprias perspectivas. Vamos considerá-los com mais detalhes.

Lutar ou deixar ir

Essa é a pergunta mais dolorosa que as pessoas têm ao romper relacionamentos. Quando um homem quer sair, ele preocupa toda a família. Toda a família se envolve em brigas constantes. Se houver filhos ou um filho, eles também começarão inevitavelmente a sofrer sofrimento mental.

mulher desesperada
mulher desesperada

Se o marido sai de casa, é a mulher que decide a questão: deixe tudo como está ou tente lutar por amor. Ao tomar uma decisão, ela deve ser guiada, antes de tudo, por seus próprios sentimentos. 

Mas, na realidade, muitas vezes acontece que ela escuta por muito tempo as opiniões de parentes de sangue antes de realmente querer fazer alguma coisa. Ela precisa tentar entender seus próprios motivos e desejos o mais rápido possível. 

Deve-se lembrar que um dia as crianças crescerão e começarão suas próprias famílias, se mudarão para morar em outra casa. É por isso que você não pode inicialmente sacrificar tudo pelo bem da criança, ocultar sua personalidade.

Como você sabe, nada surge do zero. Deve haver uma razão para tudo na vida. Quando o marido saiu e não quer voltar, devemos tentar, por todos os meios, entender por que isso aconteceu. De qualquer forma, a situação em que o marido abandonou é um verdadeiro golpe para a organização psicológica. 

A maioria das mulheres não sabe como se comportar, o que dizer e fazer se o marido deixou a família. Nesse momento, parece que todo o mundo interior do indivíduo é destruído.

Tais experiências podem ser adiadas por um longo tempo e perturbar significativamente. Enquanto isso, quando o homem faz as malas e sai, isso significa que algo realmente o deprimiu. É necessário reunir-se com forças internas e como entender adequadamente a situação. 

É melhor fazê-lo imediatamente. Não há necessidade de adiar, é melhor sobreviver de uma só vez, diga palavras significativas. Caso contrário, você deve viver constantemente em dúvida e conjecturas, tentando em vão entender o que realmente aconteceu.

Manter a dignidade

A situação em que o marido saiu e não liga é difícil o suficiente para começar a esquecer. A dignidade ofendida determina modos de comportamento completamente diferentes, às vezes faz com que você faça atos estúpidos e precipitados. A vida familiar não pode ser mantida em reprovações e suspeitas mútuas. Devemos recusar procurar os culpados, apresentar todo tipo de acusação um ao outro. Não se humilhe na frente de seu marido e tente agradá-lo em tudo.

O que fazer se o marido for embora? Como se comportar? Uma mulher deve tentar manter a auto-estima. Ela deve estar ciente de seu próprio significado e integridade, a crença de que ninguém pode destruir seu estado interior. 

Mesmo a partida de um homem não deve se tornar uma tragédia. Se o marido abandonou e optou por sair para outro, ou se esconder em uma direção desconhecida, é preciso chegar a um acordo. É melhor começar imediatamente a pensar mais em você e em seu próprio filho. O amor a si mesmo e aos filhos ajudará a esquecer, a superar o sentimento de desespero e desesperança.

homem deitado sem esperança
homem deitado sem esperança

Se o marido abandonou a família, é bastante claro que os ex-parceiros serão subjugados por emoções puramente negativas um para o outro. É muito importante não tentar manter impressões negativas em si mesmo. 

Caso contrário, um dia haverá um surto de emoções e todas as palavras não ditas anteriormente serão ditas. Além disso, não se sabe de que forma isso vai acontecer. Com uma vida familiar fracassada, é extremamente importante ser capaz de cuidar de si mesmo. Primeiro de tudo, você precisa entender seus próprios sentimentos, desejos e aspirações. Então será muito mais fácil se comunicar com um parceiro.

Como sobreviver a uma ruptura com o marido? Se o marido for embora, você deve definitivamente dar tempo para a recuperação mental. Ainda assim, este é um grande golpe, do qual não é tão fácil se afastar. 

Quando meu marido abandonou, alguns nem mesmo querem viver, sem mencionar agir de propósito, mantendo otimismo. Você deve permitir-se chorar quando quiser. Não há necessidade de ser tímido e esconder lágrimas. Quando a família se separa devido ao fato de o marido ter saído, é realmente muito difícil esquecer o que aconteceu.

Você não pode suprimir a irritação, raiva, desespero. É necessário tentar viver esses sentimentos o mais plenamente possível, para que você não precise voltar mais tarde. Muitas pessoas perguntam se eu preciso ligar para um ex-parceiro? Se houver um sofrimento severo com sua partida prematura, é melhor não. Não há necessidade de se atormentar em vão.

A vingança é uma maneira ruim de restaurar a justiça. Usando esse método, você não pode recuperar a paz de espírito. Quando um parceiro joga outro e sai, o segundo é realmente muito doloroso. A vingança apenas permite que você fique preso na mesma situação e retorne a ela constantemente. Os psicólogos aconselham começar a dedicar mais tempo a si mesmo.

mulher triste
mulher triste

Se o marido disse que não ama, não apele à sua consciência. O amor não pode ser exigido, é impossível forçar o retorno ao passado. Você não pode consertar nada com isso. O que fazer se o marido abandonou a criança? Só não tenha planos astutos! Não é fácil esquecer, mas não funcionará imediatamente. A recusa de vingança economizará significativamente energia e economizará os recursos internos do indivíduo.

Seja amigável

Por mais ridículo que pareça à primeira vista, essa recomendação realmente ajuda. Mas não se pode exigir tal sacrifício. Se uma mulher sente que não está pronta para sorrir e não sabe como se comportar na presença de um ex-marido que a deixou, é melhor não tentar desempenhar um papel desagradável. 

A boa vontade deve vir do coração. Não há necessidade de retornar constantemente ao mesmo problema, forçar-se a ligar para ele por telefone ou vir visitá-lo. A boa vontade pode derreter até o coração da pessoa mais pedregosa, que, à primeira vista, é completamente desprovida de qualquer emoção.

Quando uma mulher se torna carinhosa e sorridente, é muito bom vê-la. Pode acontecer que um marido que tenha deixado um ataque de indignação deseje retornar a ela para estar lá novamente. É por isso que uma atitude favorável em relação a um parceiro realmente faz maravilhas. A própria mulher é capaz de atrair a atenção de um homem. A única questão é se ela quer fazer tanto esforço pelo bem do homem que uma vez a deixou traiçoeira sozinha.

Restauração do orgulho

Após uma separação, o orgulho de uma mulher é sempre ferido. Definitivamente, ela precisará de algum tempo para se recuperar. É necessário recuperar a paz de espírito, recuperar os pensamentos calmos. Tudo isso leva tempo. Não se apresse e se personalize fortemente. No entanto, cortar relações em gravidade é equivalente a um choque brilhante. Para parar de retornar mentalmente ao passado, é necessário trabalhar com a difícil situação resultante.

Como esquecer o marido que saiu? Você apenas tem que continuar vivendo, não importa o quê. Esforce-se para se alegrar, para perceber perspectivas significativas para si mesmo. Não desista de novas experiências. Eles podem ajudar a recuperar, sentir a aparência de algum conforto na alma.

Muitas vezes acontece que mulheres divorciadas começam a sofrer isolamento. Eles não querem mais construir relacionamentos com os homens, não buscam obter entendimento mútuo. E tudo porque a confiança está perdida é um componente importante de sua vida. No entanto, não se esqueça de si mesmo. A vida não acabou, continua assim mesmo. Isso deve ser lembrado.

Assim, se uma mulher pensa por que meu marido me deixou, não deve se atormentar. É necessário estudar cuidadosamente a situação, a fim de liberar raiva, ressentimento, decepção e se concentrar nas alegrias da vida.

Cabelo ao sol
Cabelo ao sol

A questão familiar

Família é a coisa mais importante para cada um de nós. Uma instituição espiritual cheia de amor e harmonia. E se a família entrar em colapso e parecer que a vida deu errado? O marido deixou a família, mas não há como sair dessa situação? É verdade, ou talvez a vida continue?

Estereótipos predominantes

Estamos constantemente cercados por uma variedade de problemas, mas eles desaparecem quando, após um árduo dia de trabalho, voltamos a um mundo calmo e calmo de entendimento e respeito mútuo.

Quando o marido deixa a família, a mulher começa a se sentir abandonada e sozinha. Os vizinhos conversam entre si e os colegas de trabalho fofocam durante o intervalo do almoço. Os parentes convencem o cônjuge enganado de que ela é a responsável pelo incidente e, se o marido foi embora, houve uma bagunça na casa e a geladeira está sempre vazia. 

Ao redor, temos certeza de que a garota não poderá mais encontrar outro companheiro. Mulher abandonada se sente inferior. Então, no círculo de amigos e conhecidos, aparece a terrível palavra “divorciada”. A esposa sente o vazio, a desgraça e a “marca da vergonha” implicitamente imposta a ela.

Mas todas as opiniões das pessoas listadas e oprimindo a pobre mulher sobre esse assunto são meramente estereótipos estabelecidos. E o divórcio não é algo vergonhoso, você pode superar isso e começar a vida do zero. Se o marido saiu de casa, isso não é tão assustador quanto parece devido à pressão dos outros.

Tudo começa desde a infância, quando toda garota, ainda muito jovem, começa a sonhar com uma futura família. Ela imagina como será o marido, quantos filhos terá e em que casa passará sua vida. Então a menina cresce e se torna menina, então ela começa a duvidar e se preocupar se será capaz de encontrar o escolhido? Mais tarde, emoção e impaciência aparecem, e na minha cabeça o pensamento: quando, finalmente, será reduzido e fará uma oferta?

E agora chegou o momento tão esperado. Ela agora tem um marido em sua vida e tem o orgulhoso título de “esposa”. Mas é tão bonito na realidade, como parecia na infância e na juventude?

A idade adulta começa com uma lista de responsabilidades e tarefas domésticas. Os dias se tornam cotidianos e às vezes a vida é insuportável. Brigas e queixas entre cônjuges – regulares.

Fontes:

Psych Central.com
Psychology Today
Very Well Mind
Helpguide

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *